Pinheiros/SKY luta, mas perde a primeira partida da Copa Intercontinental

O momento esperado finalmente chegou e a bola subiu para a Copa Intercontinental. Foi uma partida extremamente difícil e que colocou frente a frente duas escolas de basquete: a europeia e a brasileira. Neste primeiro ‘round’, os europeus levaram a melhor: vitória do Olympiacos sobre o Pinheiros/SKY, por 80 a 70, na abertura do mundial, na noite desta sexta-feira (4), em Barueri.

No primeiro quarto, a impressão era de que o Olympiacos abrira uma boa distância no placar, mas com muitos erros de ataque e com uma marcação firme do Pinheiros, os gregos não conseguiram refletir o volume de jogo em pontos, vencendo o primeiro quarto por apenas 11 a 15.

O Pinheiros melhorou no segundo quarto. Mais confiante e já sem aquele peso da estreia, o time paulista foi para cima e a estrela de Shamell brilhou, foram 9 dos 19 pontos pinheirenses no período. O time brasileiro conseguiu tomar a liderança no placar, mas no estouro do relógio os gregos foram para o intervalo em vantagem: 30 a 32.

A segunda parte do jogo reservou bons momentos para o torcedor. As duas equipes melhoraram o ataque e pontuaram bem, com a equipe pinheirense se mantendo bem no jogo com vários chutes de fora. Já o Olympiacos rodava muito a bola e abusava do jogo de garrafão. No fim da parcial, vantagem grega: 56 a 51.

Nos últimos minutos, o Pinheiros tentou se manter próximo ao placar grego, mas os campeões da Euroliga não deram espaços ao Pinheiros e acabaram fechando a partida com 11 pontos de vantagem: 81 a 70.

Para levantar o título no próximo domingo (6, às 11h30), o Pinheiros deve vencer o jogo por 12 pontos de diferença. Caso haja um empate, haverá prorrogação de cindo minutos. A diferença de pontos não abala o ala Jonathan Tavernari.

“Eles são muito bons, mas não são imbatíveis. Temos que ter atenção aos detalhes. Não desperdiçar bolas e arremessar bem e assim vamos ganhar o jogo. O basquete é jogado dentro da quadra e vamos entrar para ganhar o jogo. Depois nos preocupamos com diferença de pontos. Agora, temos que ganhar o próximo jogo”, disse o jogador.

O ala/pivô Rafael Mineiro também avaliou a partida e a situação pinheirense para conquistar o título. “Vamos crescer a defesa e trabalhar mais a bola no ataque. A gente não pode se precipitar. No próximo jogo tudo pode acontecer. Está tudo aberto. Acho que ainda está bom para o Pinheiros/SKY”, explicou.

Destaque da partida para o MVP da Liga das Américas 2013, Shamell, que foi o cestinha do jogo, com 26 pontos. Joe Smith marcou 19 pontos e mostrou um bom rendimento no confronto. Jonathan Tavernari e Paulinho foram anotaram 12 e 11 pontos, respectivamente. Pelo lado grego, Spanoulis foi o cestinha com 18 pontos – todos marcados no segundo tempo – e o ala Stratos Perperoglou deixou 15 pontos. Já o pivô Dunston fez um double-double: 11 pontos e 12 rebotes.

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s