Pinheiros/SKY derruba invencibilidade do São José e segue na briga pelo G-4

André Bambu e Jefferson (Foto: Adenir Britto/PMSJC)

André Bambu e Jefferson (Foto: Adenir Britto/PMSJC)

Com uma atuação brilhante do ataque, o Pinheiros/SKY venceu mais uma no Campeonato Paulista. O time foi até o caldeirão de São José dos Campos e derrotou o São José/Unimed por 92 a 84, na noite deste sábado (12), tirando a invencibilidade da equipe do Vale do Paraíba jogando em casa. Com a vitória, os pinheirenses continuam sonhando com o G-4 e somam 12 vitórias e 8 derrotas na competição.

O ataque pinheirense começou o jogo em ritmo forte. Com um volume alto na linha dos 3 pontos, o time converteu 6 de 8 bolas no perímetro, não deixando o São José respirar. Rafael Mineiro anotou 11 pontos e contribuiu para a vitória parcial do Pinheiros por 21 a 28.

A segunda parcial não foi diferente. Enquanto a defesa do Pinheiros melhorou, o ataque continuou na mesma velocidade, sufocando a marcação joseense. No primeiro tempo, o Pinheiros acertou 10 chutes de 3 pontos, indo para o intervalo como uma boa vantagem de 12 pontos: 38 a 50.

Empurrado pela torcida, o São José começou uma boa reação e foi tirando a diferença colocada pelo Pinheiros aos poucos. O time do Vale do Paraíba contou com uma atuação inspirada do pivô Caio Torres, e foi para o último quarto a apenas 3 pontos do Pinheiros: 64 a 67.

Os donos da casa chegaram a virar o jogo no começo do último quarto com Fúlvio, mas o Pinheiros mostrou garra, força e tranquilidade para voltar à liderança do placar e manter uma pequena diferença. Os joseenses não tiveram calma e o Campeão das Américas matou o jogo: São José 84 x 92 Pinheiros.

Destaques: Shamell foi o cestinha pinheirense com 21 pontos, apanhou 7 rebotes e deu 7 assistências. Smith fez 18 pontos, pegou 6 rebotes e distribuiu 5 assistências. Mineiro anotou 18 pontos e Paulinho fez 11 pontos e passou 7 assistências. O maior anotador do jogo do jogo foi Caio Torres, com 32 pontos.

O cestinha pinheirense comemorou o resultado e disse que a Copa Intercontinental fez bem ao time. “Parabéns aos dois times. Estamos melhor depois do Mundial, jogamos contra o Olympiacos e agora estamos em outra pegada. Ainda estamos aprendendo como fechar o jogo e acredito que nossa postura está diferente depois da Copa Intercontinental. Foi uma boa briga, até o fim, mas nós fomos melhores”, explica Shamell.

O Pinheiros volta à quadra na próxima semana, quando encerra a participação na primeira fase do Campeonato Paulista. Na quinta-feira (17), o time recebe o Paulistano/Unimed no clássico. Já no sábado (19), os pinheirenses vão ao Palestra Itália, onde enfrentam o Palmeiras/Meltex, em São Paulo.

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s