Liga das Américas: Saiba mais sobre o torneio e conheça os adversários do Pinheiros/SKY

O Pinheiros já sabe quando começará a defender o título (Samuel Vélez/Fiba)

O Pinheiros começa a defender o título (Samuel Vélez/Fiba)

A espera finalmente terminou e a bola vai subir pela Liga das Américas 2014 neste fim de semana (24, 25 e 26 de janeiro), no Ginásio Álvaro Sánchez Silva, em Neiva, na Colômbia, com transmissão do Fox Sports 2. O Pinheiros/SKY dá início a defesa do título contra a equipe venezuelana do Cocodrilos. Na partida seguinte, os pinheirenses enfrentam os Toros do México e fecham a primeira fase diante dos Bambuqueros, os donos da casa.

“Já conheço o técnico, os jogadores estrangeiros e um pouco da estratégia desse time (Cocodrilos), então dá uma vantagem para a gente. Dei informações para o nosso técnico. Isso vai nos ajudar. Mas temos que entrar focados, jogando coletivamente. Acho que nosso time foi montado pra jogar esse campeonato”, comenta Shamell. “Acredito que esse primeiro jogo contra o time venezuelano seja o mais difícil. Não vai ser fácil, mas estamos bem preparados. Vamos com os pés no chão”, conta Shamell, o MVP da última edição da Liga das Américas, que jogou a fase final da liga venezuelana pelo Marinos e enfrentou o Cocodrilos.

Os pinheirenses já chegaram em Neiva, mas a equipe não está completa. O ala/armador norte-americano Joe Smith ficou em São Paulo para se recuperar de uma lesão no tornozelo. Já o pivô Rafael Babby, jogador que já fez sua estreia com a camisa pinheirense diante do São José no NBB, viajou com a equipe e será opção para o técnico Cláudio Mortari.

Os adversários

cocodrilos

Logo na estreia, o Pinheiros/SKY enfrentará o tradicional time do Cocodrilos (dia 24, 21h, no Fox Sports 2), figurinha fácil de se encontrar nos torneios continentais. Atual campeão da liga venezuelana, o time encara a Liga das Américas e pretende fazer um bom papel, como a firma o pivô Luis Bethelmy, em entrevista ao site da Fiba Américas.

O técnico Néstor Salazar conta com jogadores experientes, como Windi Graterol. A equipe também se reforçou para a competição e trouxe os alas Andre Emmet e Carl Elliott, além do pivô Kris Lang, ambos norte-americanos.

Toros_de_Nuevo_Laredo

Na noite de sábado (25), também às 21h (no Fox Sports 2), o Pinheiros/SKY mede forçar com o Toros de Nuevo Laredo, do México. A equipe passou por problemas financeiros e entrará em quadra com um time mais modesto, segundo palavras do proprietário da equipe, o engenheiro José Hernández Villegas.

“Nessa temporada sofremos alguns problemas econômicos já que tivemos uma mudança no governo da cidade e nosso patrocínio foi cancelado. Então fomos obrigados a reduzir a folha de pagamento logicamente o rendimento foi afetado. Mesmo assim seguimos competitivos”, explica o mandatário ao portal da Fiba Américas.

bambuqueros

“A participação da Liga das Américas é um motivo de orgulho”, conta Tomás Díaz, técnico do Bambuqueros, atual campeão colombiano e último adversário dos pinheirenses na primeira fase da competição. O jogo acontece no domingo, às 23:15, também com transmissão do Fox Sports 2.

Um dos destaques do time é o ala/armador Stalin Ortiz, remanescente da equipe que venceu a liga da Colômbia. Enielsen Guevara e Divier Pérez, ambos pivôs, também seguem na equipe e chegaram Jhon Hernández e Édgar Moreno, que fizeram boas campanhas no campeonato colombiano.

A cidade

O Brasil foi campeão Sul-Americano em 2010 jogando em Neiva

O Brasil foi campeão Sul-Americano em 2010 jogando em Neiva

Neiva é uma cidade de porte médio. Fundada por conquistadores espanhóis no século XVII, o município conta com cerca de 350 mil habitantes. Localizada em uma planície, a mesma está apenas a 400 metros acima do nível do mar, o que não deve ser um problema para as equipes, evitando a altitude das cidades andinas.

O campeonato

A novidade para este ano foi a mudança na classificação para o torneio, que agora é disputado apenas pelos times campeões das ligas nacionais, contando com a participação do vencedor da Liga Sul-Americana (Uniceub/BRB/Brasília) e o Pinheiros/SKY, que defende sua coroa nas Américas.

Os 16 times estão separados em quatro grupos de quatro equipes cada, que jogarão entre si em turno único. Os dois melhores de cada chave avançam para a semifinal e serão reagrupados em mais dois quartetos, avançando novamente para a fase final os dois primeiros.

A grande final também será diferente da apresentada em 2013. Em formato semelhante ao da Euroliga, os quatro melhores serão divididos em dois jogos e os vencedores das duas partidas se enfrentarão na grande decisão, que deve acontecer no dia 22 de março. O campeão tem vaga garantida na Copa Intercontinental da FIBA. Veja abaixo a relação dos times que disputarão a Liga das Américas 2014:

Grupo A (Neiva, Colômbia) – 24 a 26 de Janeiro

Bambuqueros (Colômbia)

Cocodrilos (Venezuela)

Pinheiros/SKY

Toros de Nuevo Laredo (México)

Grupo B (Montevidéu, Uruguai) – 30/1 a 1º de Fevereiro

Aguada (Uruguai)

Unitri/Magazine Luiza/Uberlândia

Lanus (Argentina)

Leones de Ponce (Porto Rico)

Grupo C (Xalapa, México) – 7 a 9 de Fevereiro

Halcones de Xalapa (México)

Regatas de Corrientes (Argentina)

Uniceub/BRB/Brasília

Marinos de Anzoátegui (Venezuela)

Grupo D (Quito, Equador) – 14 a 16 de Fevereiro

Mavort (Equador)

Flamengo

Capitanes de Arecibo (Porto Rico)

Leones de Quilpue (Chile)

Grupo E (sede a definir) – Semifinal – 28/2 a 2 de Março

Grupo F (sede a definir) – Semifinal – 7 a 9 de Março

Final (sede a definir) – 21 e 22 de Março

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s